Café do Trabalhador é lançado na rodoviária Roberto Silveira, em Campos!!

27 de julho de 2022 0 Por Silvana

Foi lançado na manhã desta quarta-feira (27), em Campos, o Café do Trabalhador, que visa distribuir café da manhã a R$ 0,50. O primeiro ponto foi inaugurado na rodoviária Roberto Silveira, no Centro, e na próxima sexta-feira será lançado outro ponto na Praça do Amarelinho, em Guarus. Em seu discurso, o prefeito de Campos, Wladimir Garotinho, destacou a importância da parceria com o Governo do Estado e lembrou que o projeto é semelhante ao café distribuído nas estações de trem, quando seu pai Anthony Garotinho era governador. Durante o lançamento houve manifestação do Sindicato dos Profissionais Servidores Públicos Municipais de Campos (Siprosep).

— Eu preciso fazer um registro aqui, e não pensem que é campanha política porque não é. Quando o meu amigo Bruno Dauaire estava à frente da secretaria de Assistência do Estado do Rio de Janeiro, foi ele que enquanto secretário começou a dar o pontapé para reativar esse programa no Estado e é muito importante que o termo de referência fazia menção ao programa café da estação de trem que o Garotinho e a Rosinha tinham feito. Então esse projeto tem o DNA da nossa família e teve também a participação do Bruno Dauaire, que aquela época estava à frente da secretaria de Assistência. E a gente brigou tanto para que o governador trouxesse para Campos esse Café do Trabalhador, que Campos é a única cidade do interior do Rio que tem dois Café do Trabalhador. Todas as outras têm apenas um ponto do Café do Trabalhador. Guarus não poderia ficar de fora. Aqui fica meu agradecimento ao governador, que atendeu nosso pedido, entendeu a necessidade e presenteou a cidade de Campos com dois polos do Café do Trabalhador — declarou Wladimir.

O prefeito de Campos também reconheceu os frutos das parcerias com o Governo do Estado. “O governador (Cláudio Castro) tem sido muito parceiro do município, eu não posso negar isso. Muita coisa que a gente está conseguindo é pela ajuda do governador. Muitas obras que estão vindo também são com a ajuda do governador. Ontem (terça) recebi a ligação do Max Lemos, que era secretário e agora voltou para a cadeira de deputado federal, me dizendo que acabou de licitar mais uma obra para Campos, que é o asfaltamento de mais de 150 ruas aqui do nosso município. Então não posso ser ingrato. O governador tem ajudado muito o município. E Campos tem que reconhecer isso. Quando assumi a Prefeitura, não tinha perspectiva nem de pagar salário. Nós encontramos uma Prefeitura com dois meses e meio de salário atrasado e sem dinheiro no caixa para pagar o mês de janeiro. Era uma situação desesperadora. E quando eu pedi orientação a Deus, a porta que me abriu foi a do governador. Então não posso deixar de reconhecer nunca isso, independente de qualquer outra questão política”, afirmou.

Representando o governador Cláudio Castro, a subsecretária estadual de Governo, Joilza Rangel, destacou que o projeto Café do Trabalhador é realizado em 19 municípios do Estado. ”É muita responsabilidade estarmos aqui nesta manhã lançando e apoiando mais uma ação do nosso Governo do Estado. Já são 19 municípios que estamos atendendo com esse Café do Trabalhador. E o que o nosso governador deseja é dar cada dia mais dignidade à população. São várias ações que ele tem apoiado. O governador tem feito uma grande parceria com você (Wladimir) em diversos momentos, que são todas elas com o objetivo de melhorar o atendimento à população da nossa cidade. Esse é um Café que, com certeza, vai dar muito mais dignidade à nossa população desempregada e que sai para o trabalho e não teve tempo para tomar um café em casa”, disse.

Já o secretário de Governo de Campos, Suledil Bernardino, reforçou que o projeto tem a “digital” da família Garotinho. “Hoje o prefeito está tendo o privilégio de dar mais um passo à frente daquilo que a sua família fez lá no estado do Rio de Janeiro, quando abriu o café da manhã a R$ 0,35 nas estações de trem. Uma atitude pioneira no Brasil. Então a digital da família está nesse projeto. E hoje o governador do Estado retomou esse programa e uma parceria com a Prefeitura de Campos”, discursou.

Protesto – Durante o lançamento do projeto, o Siprosep realizou um ato para reivindicar reposição salarial e melhores condições de trabalho. Os manifestantes utilizaram pratos de plástico com a frase “o servidor também tem fome” para chamar atenção para suas reivindicações. 

Segundo a presidente do Siprosep, Elaine Leão, o prefeito informou que na próxima segunda-feira (1º) irá enviar o projeto do Auxílio Alimentação para a Câmara. “Estivemos na inauguração do Café do Trabalhador e lá conseguimos dialogar com o prefeito. Ele deixou claro que ele vai colocar em votação o auxílio alimentação. Ele vai enviar para a Câmara na próxima segunda-feira. E deixou claro que ele vai atender o projeto dos servidores”, disse. Sem mais!!

Por: Silvana Venâncio 

Fonte: folha 1

Please follow and like us:
fb-share-icon